.
.
.
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Feito por www.AllBlogTools.com
Loading...

OUÇA NOSSA RÁDIO

Pesquisar Neste blog

Carregando...

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

CABOCLO MIRIM


Olá irmãos

Que a paz de Oxalá esteja com todos


Bem irmãos uma seguidora do blog chamada Jamile pediu uma postagem sobre os caboclos mirins e segue abaixo um texto sobre este assunto.

Os caboclos mirins são espiritos de índios que desencarnaram jovens, alguns trabalham na linha doa caboclos, outros preferem vir sobre a influência da linha das crianças, essas entidades quando se mostram em terra são sempre requisitados em curas, além de crianças muito iluminadas, não gostam de brincar, comer doces, preferem usar seu tempo em passes e curas, toda e qualquer entidade desta linha é grande detentora de grandes embarcos espirituais apesar da aparência perispiritual de crianças, são grandes doutores e estão sempre prontos a curar.
Essas entidades respeitam muito os pretos-velhos, mas sua ligação é mais coms os Caboclos, adoram estar na companhia dos pajés e caciques, alguns caboclos mirins vibram pelo Orixá Oxossí, mas muitos fazem entrecruzamento com outros Orixás, principalmente o orixá Xangô.
Alguns nomes conhecidos de Caboclos e Caboclas Mirins: Tupãzinho, Tupizinha, Iarary, Tupiacanga, Iararinha, entre outros.


O primeiro médium a manifestar esta energia foi Benjamim Figueiredo no terreiro de Zélio Fernandino de Moraes, sobre o comando do próprio Caboclo Sete-Encruzilhadas, segue abaixo um texto sobre ele.

Em 1920 no Rio de Janeiro, o médium kardecista Benjamin Gonçalves Figueiredo (26/12/1902 - 03/12/1986), teve a primeira manifestação de uma Entidade que identificou-se como Caboclo Mirim, que vinha com a finalidade de criar um novo núcleo de crescimento para a Umbanda. Assim, toda a família do médium foi chamada a participar. Eram ao todo 12 pessoas que deram início em 1924 ao que foi chamada a Seara de Mirim. Após 18 anos, em 1942, foi fundada a Tenda Espírita Mirim, à rua Sotero dos Reis, 101, Praça da Bandeira; mudou - se, posteriormente, para a rua São Pedro e depois para a Rua Ceará, hoje Avenida Marechal Rondon, 597

A "Escola da Vida", fundada pelo Caboclo Mirim, possui uma ritualística diferente das conhecidas. De acordo com os seus ensinamentos, há iniciados do Primeiro ao Sétimo grau de iniciação. Estes graus são atribuídos aos médiuns e não às Entidades. Estes graus estão classificados em tupi-guarani, desta forma:


Bojá-mirim - 1ª grau: Médiuns iniciantes. Estes médiuns estão em desenvolvimento e devem procurar ensinamentos com os médiuns dos demais graus superiores e se aperfeiçoarem moralmente, evitando vícios de todas as espécies e desequilíbrios de qualquer ordem. Devem, ainda, estar firmes em seus propósitos de desenvolvimento, evitando que sugestões de espíritos inferiores cheguem às suas mentes em forma de sensação, pois os espíritos inferiores não gostam de iniciantes que se propoem a um desenvolvimento mediúnico sério para futuramente desfazerem os trabalhos de magia negra que estes espíritos inferiores teriam feito.
Bojá - 2ª grau: Médiuns de Banco. São os responsáveis pelo descarrego de energias negativas e pela doação de fluido vital para os espíritos necessitados que passarem pelo seu corpo durante uma sessão de caridade espiritual. Estes médiuns, assim como os iniciantes, devem estar atentos aos pensamentos de desestímulo em relação à continuidade de seu caminho na Umbanda, evitando assim que espíritos inferiores atrapalhem sua caminhada. Devem ser assíduos, estando na sua tenda sempre que possível para prestarem sua caridade.
Bojáguaçu - 3ª grau: Médiuns de Terreiro. São médiuns passistas. Este grau é uma grande mudança em relação às responsabilidades do médium no Terreiro, pois o médium deve saber aplicar um passe, a forma ideal de aplicá-lo, e os devidos resguardos antes da sessão.
Abaré-mirim - 4ª grau: Sub-chefes de Terreiro São médiuns que, além de já estarem firmes no passe e com conhecimento suficiente sobre a dinâmica das sessões e passarão a tomar conta do terreiro, orientando os médiuns de graus anteriores.

Abaré - 5ª grau: Chefes de Terreiro São médiuns que devem orientar os médiuns de graus anteriores sobre como proceder nos passes. Além disso, é neste grau que se inicia a trajetória do médiun para consultas espirituais. Já dizia o Caboclo Mirim que dar consulta é perigoso! Não se pode atuar no livre-arbítrio dos outros. Só dê consulta se for solicitado! Adicionalmente, médiuns deste grau já devem ter responsabilidades com os demais médiuns de graus anteriores durante as sessões e giras, orientendo-os sempre que necessário.
Abareguaçu - 6ª grau: Sub-comandante chefe de terreiro São médiuns que estão se preparando para Escola de Comando. Devem focar em obter experiência da ritualística dos trabalhos espirituais e se preparar para aprender a comandar sessões.
Morubixaba - 7ª grau: Comandante chefe de terreiro São os médiuns comandantes de terreiro. São os dirigentes de sessão e devem orientar todos os demais graus.

Que Oxalá nos abençoe sempre

Saravá  .'.
"Semirombá" Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Fernando Jorge disse...

a Entidade " Caboclo Mirim " que iniciou a escola própria através de seu médium Benjamin Figueiredo, não apresentava características que o enquadrasse com um caboclo criança / jovem , segundo os relatos deixados para a posteridade, na Tenda Espirita Mirim e no Primado de Umbanda, organizações fundadas pelo Sr Benjamim.

Pelos relatos, era uma entidade que apresentava-se sempre sério, exigente no cumprimento da ritualística e com uma linguagem rica em seu vocabulário.

Na certeza de estar colaborando positivamente,
Meu saravá fraterno.

Cito alguns links com maiores informações sobre a escola do caboclo mirim :

Primado de Umbanda
Tupaoca do Caboclo Itapua
Wikipedia : Caboclo Mirim
Tenda Fraterna de Umbanda
Grupo Umbandista Luz de Aruanda

Procure também pelo google : " Caboclo Mirim : um digno lugar na história " e " O legado de Benjamim Goncalves Figueiredo "

Deixo meu email para contato caso queira trocar informações :
fernandojorgecpg@gmail.com


CAMINHO... "Sim, seu caminho é a Umbanda enquanto você valorizar a experiência espiritual com os Orixás, Guias e Mensageiros do Astral que se desdobram em muitas formas para te auxiliar. Seu caminho é e sempre será a Umbanda, enquanto você acender uma vela e sentir que ela fala contigo, enquanto você escutar o som do atabaque e seu corpo aquecer num compasso de vibrações e arrepios, enquanto você sentir o aroma das ervas transmutadas em fumaça ao contato com a brasa incandescente e for acometido da sensação de estar sendo transportado para outro lugar, a Umbanda continuará sendo seu caminho enquanto o brado dos Caboclos te arrepiar, o silêncio dos Pretos Velhos te emocionar, o gracejo dos Baianos te alegrar, a sinceridade dos Exus te curvar, a simpatia das Pomba Giras te atrair e a ciranda dos Erês te relembrar que, apesar dos pesares, o mais importante é não perder a pureza das crianças. Sim, seu lugar é no Templo que frequenta, enquanto os espíritos regentes ainda forem referências de aprendizado, enquanto você sentir saudade ao final de cada gira, enquanto os objetivos espirituais e materiais também forem os seus objetivos, enquanto o sentimento de irmandade não se dissipar facilmente em momentos de atritos e conflitos naturais, enquanto você preservar o respeito e lealdade ao seu Sacerdote ." - Sr. Caboclo Tupinambá

EVENTOS QUE APOIAMOS

Abaixo Eventos, Festas, Ritos de parceiros do Blog. Se você leitor tiver algum evento contate em nosso email. ( paileodelpezzo@gmail.com)

Nossa Bandeira

Seguidores

Quem Passou por Aqui

Quem sou eu

Minha foto
Léo Del Pezzo, ou Pai Léo das Pedreiras. Médium Umbandista á 8 anos, consagrado Pai Espiritual.Dedica todo seu sacerdócio para levar o entendimento de conhecimentos esotéricos, filosófico e teologicos ,exaltando a "Umbanda"