.
.
.
.
.
.
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Feito por www.AllBlogTools.com

Pesquisar Neste blog

Carregando...

terça-feira, 30 de junho de 2009

CARMA OU KARMA



Olá irmãos


Que a paz de Oxalá esteja com todos.



Estamos na última postagem deste mês, como disse as postagens seriam ligadas a Xangô. Xangô é o Orixá do fogo divino, e da justiça divina, pode-se dizer da justiça cármica, como siz sua lei: "quem deve paga e quem merece recebe" é bem a lei do carma que é da ação e reação, Xangô é o único Orixá que atua diretamente no carma das pessoas, pois é o senhor da justiça, bem após essa introdução segue abaixo um texto sobre o que é carma, os tipos de carma e quem atua neles.
Carma ou karma (do sânscrito कर्म, transl. Karmam, e em pali, Kamma, "ação") é um termo de uso religioso dentro das doutrinas budista, hinduísta e jainista, adotado posteriormente também pela Teosofia, pelo espiritismo e por um subgrupo significativo do movimento New Age, para expressar um conjunto de ações dos homens e suas consequências. Este termo, na física, é equivalente a lei: "Para toda ação existe uma reação de força equivalente em sentido contrário". Neste caso, para toda ação tomada pelo Homem ele pode esperar uma reação. Se praticou o mal então receberá de volta um mal em intensidade equivalente ao mal causado. Se praticou o bem então receberá de volta um bem em intensidade equivalente ao bem causado. Dependendo da doutrina e dos dogmas da religião discutida, este termo pode parecer diferente, porém sua essência sempre foca as ações e suas consequências.
Alguns movimentos esotéricos costumam falar em karma no sentido de "conjunto de deméritos acumulados" e em dharm como "conjunto de méritos acumulados" (portanto o contrário de karma). Outros adotam um conceito semelhante ao do Espiritismo.
Na visão espírita cada ser humano é um espírito imortal encarnado que herda as conseqüências boas ou más de suas encarnações anteriores. Embora Allan Kardec não tenha usado em momento algum a palavra "karma" ou qualquer de suas variações, esta veio a ser mais tarde incorporada ao jargão espírita por alguns espíritas, para designar o nível de evolução espiritual de cada indivíduo, ao qual se devem as circunstâncias favoráveis ou desfavoráveis que venha a encontrar. No entanto, para explicar isto o espiritismo apresenta um conceito mais abrangente: a lei de causa e efeito. Enquanto que normalmente o conceito de karma sugere uma dívida a ser resgatada, a lei de causa e efeito nos apresenta a idéia de que o futuro depende das ações e decisões do presente. Uma causa positiva gera uma efeito positivo, enquanto que uma causa negativa gera um efeito igualmente negativo.

Os Três Tipos de Carma

Carma Causal (Kryiamanacausal) - correspondente ao carma gerado e processado na mesma vida , com efeitos quase imediatos, este carma são as pequenas ações desordenadas que causam uma reação quase que imediata, este carma é o mais simples.Nestes casos qualquer entidade pode atuar por exemplo: Caboclos, Pretos-Velhos, baianos e etc...

Carma Constituído (Prarabdha) - correspondente ao carma maduro em vias de eclosão e que não pode mais ser alterado, são as ações feita nesta vida que levam a pessoa a costituir um carma novo. Nestes casos somente os Exus por vontade do Orixá Xangô pode atuar.

Carma Cármico (Sanchita) - correspondente ao reservatório de carma acumulado ao longo de muitas encarnações e ainda não processado, esses são os carmas vindo de vidas passadas, é o pior tipo de carma pois este acompanha o espírito a vários anos.Nestes casos o Único ser que atua é nosso pai Oxalá, Jesus Cristo. Somente ele tem autoridade para atuar neste carma.
Que Oxalá nos abençoe sempre
saravá .'.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

FADA AZUL/CLAUDIA disse...

OLá Leo, belo texto sobre Carma e sôbre Xangô, vejo que tem uma visão espiritual bem da nova Era, parabéns e muito AXÉ.


CAMINHO... "Sim, seu caminho é a Umbanda enquanto você valorizar a experiência espiritual com os Orixás, Guias e Mensageiros do Astral que se desdobram em muitas formas para te auxiliar. Seu caminho é e sempre será a Umbanda, enquanto você acender uma vela e sentir que ela fala contigo, enquanto você escutar o som do atabaque e seu corpo aquecer num compasso de vibrações e arrepios, enquanto você sentir o aroma das ervas transmutadas em fumaça ao contato com a brasa incandescente e for acometido da sensação de estar sendo transportado para outro lugar, a Umbanda continuará sendo seu caminho enquanto o brado dos Caboclos te arrepiar, o silêncio dos Pretos Velhos te emocionar, o gracejo dos Baianos te alegrar, a sinceridade dos Exus te curvar, a simpatia das Pomba Giras te atrair e a ciranda dos Erês te relembrar que, apesar dos pesares, o mais importante é não perder a pureza das crianças. Sim, seu lugar é no Templo que frequenta, enquanto os espíritos regentes ainda forem referências de aprendizado, enquanto você sentir saudade ao final de cada gira, enquanto os objetivos espirituais e materiais também forem os seus objetivos, enquanto o sentimento de irmandade não se dissipar facilmente em momentos de atritos e conflitos naturais, enquanto você preservar o respeito e lealdade ao seu Sacerdote ." - Sr. Caboclo Tupinambá

EVENTOS QUE APOIAMOS

Abaixo Eventos, Festas, Ritos de parceiros do Blog. Se você leitor tiver algum evento contate em nosso email. ( paileodelpezzo@gmail.com)

Nossa Bandeira

Seguidores

Quem Passou por Aqui

Quem sou eu

Minha foto
Léo Del Pezzo, ou Pai Léo das Pedreiras. Médium Umbandista á 13 anos, consagrado Pai Espiritual.Dedica todo seu sacerdócio para levar o entendimento de conhecimentos esotéricos, filosófico e teologicos ,exaltando a "Umbanda"