.
.
.
.
.
.
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Feito por www.AllBlogTools.com

Pesquisar Neste blog

sexta-feira, 27 de abril de 2012

GESTOS RITUALÍSTICOS

Olá irmãos


Que a paz de Oxalá esteja com todos


Em todos os movimentos filo-religiosos, sem distinção, a utilização de gestos ou posições ritualísticas é uma prática. Dos mais simples aos mais complexos, eles fazem parte dos ritos, que sejam de carater litúrgico até os de simples pedidos pessoais.

Apesar de muitos não compreenderem exatamente o que significa o termo dogma, a de se considerar que a Umbanda, através do Movimento Umbandista, é dogmática em vários aspectos, visando, sob a sua ótica, o máximo aproveitamento dos esforços realizados em seus ritos, quer sejam de ordem individual, quer sejam de ordem coletiva.

Compreende-se que para cada ação em específico, há um gesto ritualístico em específico, visto que na movimentação, irradiação ou absorção de energias, os gestos proporcionam o direcionamento e os pontos de recepção das energias sutis, de acordo com cada propósito, visando a sua eficiência e eficácia.

As posições, que a princípio podem parecer desnecessárias, na realidade proporcionam os seus aspectos físicos e astrais, quer sejam o de disciplina em si, bem como predispõe o psiquismo a uma sintonia com com as vibrações afins ao propósito daquele momento.

GESTO DE VIBRAÇÃO CRUZADA
Esta posição, "defensiva", é utilizada considerando dois aspectos: a proteção do indivíduo e a manutenção das energias. Por um lado, o indivíduo mantém as palmas de suas mãos protegidas e bloqueadas, evitando que haja a saída e entrada de fluídos através das delas, bem como, neste gesto, proteje-se o plexo solear, que é o intermediário entre os plexos alinhados com os os alinhados com os pensamentos e sentimentos e os plexos alinhados com os instintos e sensações. Este gesto pode e deve ser utilizado nos momentos antecedentes aos ritos, bem como no próprio dia-a-dia, pois estamos, sempre, abertos à recepção e irradiação de energias, mesmo que invonluntariamente, além de proporcionar uma postura de concentração.


GESTO LITÚRGICO
Humildade, pedido e motivação. Neste gesto, através de sua simbologia, traduz-se através da posição de joelhos a "submissão" aos Seres Astrais superiores; através das mãos espalmadas para o alto, o pedido para a atuação destas forças; e, na composição, a pré-disposição para o início de uma ação. Através deste gesto ritualístico, cria-se a disposição para a realização de esforços. Este gesto ou posição, normlmente é utilizado nos momentos precedentes aos trabalhos de caridade ou de desenvolvimento.

GESTO PARA PRECE
Em pé ou de joelhos (ambos no chão), utiliza-se este gesto ritualístico para a realização de preces, principalmente individuais, visando a louvação, agradecimento e pedidos. O fato das mãos estarem juntas, trazem o equilíbrio entre o "dar e receber".

GESTO PARA PEDIDOS
Em Pé Com As Mãos Expalmadas Para Cima.
Por si só se explica.

GESTO PARA VIBRAÇÃO DIRETA
Esta posição é para a irradição de energias. Normalmente, individualmente ou em grupo, o indivíduo exerce uma canalização de energias através da ponta de seus dedos (que têm as suas correspondências com os plexos). Nesta posição, as energias de polaridade positiva, provenientes através sua "Coroa" e as energias de polaridade negativa, provenientes através de seus pés, misturam-se através de seu corpo astral, projetando-se sobre a pessoa que está sendo beneficiada nesta irradiação. Este gesto ritualístico, utiliza-se com o direcionamento para apenas uma pessoa.


GESTO PARA VIBRAÇÃO INDIRETA
Esta posição é para a irradição de energias. Considerando que recebemos através da mão esquerda e damos através da mão direita, aplica-se este gesto ritualístico para a irradiação de energias para um grupo de pessoas. Assim, está sendo "captada" a energia do "alto" e irradiando para aqueles que a necessitam. Nas giras de caridade, recomenda-se que o grupo de pessoas assistidas fiquem no centro de um círculo formado pelos integrantes da corrente para a irradiação conjunta.

GESTO PARA VIBRAÇÃO COM OS ORIXÁS (1)
Nesta posição, proporciona a precipitação dos fluídos sutis sobre o Chacra Básico, fundamental para o equilíbrio energético. O círculo formado com os polegares e dedos indicadores deverão estar direcionados para este Chacra, a partir do ponto de emissão da irradiação. Não havendo um ponto específico de ordem litúrgica (Congá, por exemplo), o indivíduo deverá estar de frente para o cardeal norte ou leste, recebendo os fluxos de Yorimá.

GESTO PARA VIBRAÇÃO COM OS ORIXÁS(2)
Nesta posição, proporciona a precipitação dos fluídos sutis sobre o Chacra Cardíaco, fundamental para o equilíbrio energético e harmonia dos sentimentos. O triângulo formado com os polegares e dedos indicadores deverão estar direcionados para este Chacra, a partir do ponto de emissão da irradiação. Não havendo um ponto específico de ordem litúrgica (Congá, por exemplo), o indivíduo deverá estar de frente para o cardeal nordeste, norte ou leste, recebendo os fluxos de Yori.

GESTO PARA VIBRAÇÃO COM OS ORIXÁS (3)
Nesta posição, proporciona a precipitação dos fluídos sutis sobre o Chacra Frontal, fundamental para o equilíbrio energético e harmonia dos pensamentos. O triângulo formado com os polegares e dedos indicadores deverão estar direcionados para este Chacra, a partir do ponto de emissão da irradiação. Não havendo um ponto específico de ordem litúrgica (Congá, por exemplo), o indivíduo deverá estar de frente para o cardeal leste, sudeste, sul,sudoeste e oeste, recebendo os fluxos de Oxossi, Orixalá, Xangô, Yemanjá e Ogum, respectivamente.

GESTO PARA SAUDAÇÃO AOS EXUS
Dedos Entrelaçados ,
e Mãos Expalmadas para Baixo.
BATER CABEÇA.
Com as a mão esquerda embaixo e a direita em cima ambas voltadas com as palmas pra cima encostando a testa, curvado ao chão representa a submissão ao templo, orixás e entidades.



Que Oxalá nos abençoe sempre


 Saravá .'. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:


CAMINHO... "Sim, seu caminho é a Umbanda enquanto você valorizar a experiência espiritual com os Orixás, Guias e Mensageiros do Astral que se desdobram em muitas formas para te auxiliar. Seu caminho é e sempre será a Umbanda, enquanto você acender uma vela e sentir que ela fala contigo, enquanto você escutar o som do atabaque e seu corpo aquecer num compasso de vibrações e arrepios, enquanto você sentir o aroma das ervas transmutadas em fumaça ao contato com a brasa incandescente e for acometido da sensação de estar sendo transportado para outro lugar, a Umbanda continuará sendo seu caminho enquanto o brado dos Caboclos te arrepiar, o silêncio dos Pretos Velhos te emocionar, o gracejo dos Baianos te alegrar, a sinceridade dos Exus te curvar, a simpatia das Pomba Giras te atrair e a ciranda dos Erês te relembrar que, apesar dos pesares, o mais importante é não perder a pureza das crianças. Sim, seu lugar é no Templo que frequenta, enquanto os espíritos regentes ainda forem referências de aprendizado, enquanto você sentir saudade ao final de cada gira, enquanto os objetivos espirituais e materiais também forem os seus objetivos, enquanto o sentimento de irmandade não se dissipar facilmente em momentos de atritos e conflitos naturais, enquanto você preservar o respeito e lealdade ao seu Sacerdote ." - Sr. Caboclo Tupinambá

EVENTOS QUE APOIAMOS

Abaixo Eventos, Festas, Ritos de parceiros do Blog. Se você leitor tiver algum evento contate em nosso email. ( paileodelpezzo@gmail.com)

Nossa Bandeira

Seguidores

Quem Passou por Aqui

Quem sou eu

Minha foto
Léo Del Pezzo, ou Pai Léo das Pedreiras. Médium Umbandista á 13 anos, consagrado Pai Espiritual.Dedica todo seu sacerdócio para levar o entendimento de conhecimentos esotéricos, filosófico e teologicos ,exaltando a "Umbanda"